17 setembro 2014

DICA DA NUTRI AI QUE DÉLI: Colágeno

Oi gente, hoje é dia da dica da nossa nutri querida Adriana Resende.
 
Ela acabou de chegar de um congresso super interessante em São Paulo e está cheia de novas informações para dividir conosco e para começar ela trás um texto show sobre o colágeno. Nem vou enrolar porque desse assunto eu não entendo nada, deixo a palavra com a nutri rsrsrs Aproveita e entra no nosso ig @aiquedeli e busca o ig dela também @adrianaresendegomes que ai vocês acompanham sempre as novidades.
 
Beijos e até amanhã
 
Colágeno
"Olá queridas! Sabemos que hoje a nutrição funcional aplica diversos alimentos em prol da saúde e beleza e porque não aproveitar esses benefícios ao nosso favor?Hoje vou falar um pouquinho sobre o colágeno, que já sofreu aquela fase de “ser bom” e “ser ruim”, mas com os estudos observaram-se os benefícios e sim, podemos utilizá-lo para auxiliar na estética, pois estão comprovados seus benefícios como prevenção de rugas, flacidez e firmeza da pele, e também como proteção dos ossos e articulações.
O colágeno é uma proteína que nosso organismo produz e uma de suas principais funções é formar fibras que dão sustentação à pele. Os cabelos, unhas, ossos e cartilagens também são beneficiados.
Então se o organismo produz, não necessitamos suplementar? O problema é que a partir dos 25 anos de idade começamos a perder colágeno, mesmo com uma alimentação balanceada, e à medida que ganhamos mais idade, essa perda vai acentuando. Então começamos a sentir redução da elasticidade e hidratação da pele. Aparecendo dessa forma as nossas inimigas: flacidez, celulite e rugas.
A forma de suplementação eficaz é o colágeno hidrolisado ou peptídeos de colágeno, que encontramos fácil no mercado. Estudos mostram que 5g de colágeno hidrolisado por dia ajuda a melhorar a pele dos consumidores, refletindo na firmeza e elasticidade. Mas as doses são individualizadas de acordo com as necessidades de cada pessoa.
Nos alimentos encontramos como principal fonte de colágeno as de origens proteicas: carnes vermelhas, frango, peixes, ovos, queijos, etc. E se consumido juntamente com as vitaminas antioxidantes (A, C e E), ajudam na sua absorção.
Um dado importante, a gelatina não pode ser considerada como fonte de colágeno, visto que sua composição nessa proteína é muito baixa.
Importante lembrar que a perda do colágeno também se dá por outros fatores: fumo, abuso do sol e doces e estresse. Então as escolhas que fazemos refletem diretamente na nossa aparência.
E outra boa notícia, existem estudos que garantem que ele reduz o apetite, auxiliando na perda de peso.
Para quem pratica atividade física ele pode ser um ótimo aliado. Consulte um profissional capacitado para orientar sua dieta rica em colágeno e suplementar nas quantidades necessárias ao seu organismo.
Fiquem com Deus! Beijos, Adriana Resende."

Nenhum comentário:

Postar um comentário